Reg. do Jiu-Jitsu Desportivo - CBJJ

O jiu-jitsu é a arte marcial mais antiga, perfeita, completa e eficiente de Defesa Pessoal. Sua origem apesar de contraditória é atribuida a China depois Índia, Japão e Brasil, onde se desenvolveu, aprimorou e tornou-se o centro mundial desta preciosa arte.

O jiu-jitsu desportivo é a parte competitiva, onde os atletas exibirão suas habilidades técnicas, fisicas e piscicológicas com o objeto de alcançar a vitória sobre seus adversários.

Os golpes válidos são aqueles que procuram neutralizar, imobilizar, estrangular, pressionar, torcer articulações, como também lançar seu adversário ao solo através de quedas, enquanto os golpes não válidos, considerados desleais, como morder, puxar cabelo,enfiar os dedos nos olhos, atingir orgão genitais, torcer dedos ou qualquer processo tendente a traumatizar com o uso das maos, cotovelos, cabeça, joelhos e pés.

As competiçoes são o marco do esporte, é o momento mais importante para os atletas, técnicos-professores e para todos aqueles que estão envolvidos diretamente ou indiretamente, não cabendo por tanto, a vitória a qualquer custo, ao contrário o fair play deve ser o principal norteador. O comportamento ético, é o que dará ao esporte credibilidade e segurança, fatores indispensáveis ao nosso esporte, pois, por isso só, já conquistamos o espaço na sociedade, em seus aspectos de eficiência e de eficácia, tornando-o o esporte espetáculo.

Assim sendo, para se almeijar a participar do maior espetáculo do mundo, que é as Olimpíadas, devemos estar imbuidos deste objetivo, tornando o jiu-jitsu desportivo a nossa meta.

O regulamento é a carta magna do esporte, nesta consta os direitos e deveres, de todos aqueles envolvidos, como atletas, técnicos-professores,dirigentes, e ate mesmo o público assistente. Pois teremos a responsabilidade de cumprir e fazer cumprir este regulamento, pois, só assim, poderemos conquistar nossos objetivos.

-Área de Competição: É toda área que componha o palco da competição, que poderá ser composta de dois ou mais áreas de luta, com todo o pessoal de apoio: direção dos trabalhos, arbitragem, cronometristas, fiscis, segurança e um departamento diciplinar convocado pela diretoria que atuará no julgamento no decorrer do evento, com poder de punir qualquer conduta anti esportiva ou ética de tecnicos-professores,atletas,arbitro e de qualquer assitente que se mantenha no recinto da competição que esteja atrapalhandoo om andamento do evento em questão .

-Área de Lutas: Cada área (ringue) será composta de no mínimo de trinta e 2 tatames, perfazendo um totalno mínimo de 51.84 m2, assim dividida: Área interna, (Área de Combate) composta de no mínimo 18 tatames de cor verde. Área de Segurança, composta de no mínimo 14 tatames de cor amarelo, vermelho ou qualquer cor diferente do verde.

-Mesa Diretora: Será a mesa de direção dos trabalhos da competição, onde ficará somente o locutor controlador das chaves e autoridades competentes; ficará ela, localizada à frente do ringue, devendo tanto quanto possível, ser uma mesa para os Árbitros e Anotadores e somente eles poderão ocupar a essas cadeiras. Ao lado das cadeiras dos árbitros ficará uma mesa, que será ocupado pelo Fiscal da arbitragem. Cabe ao Fiscal da arbitrsgem fiscalizar o bom andamento da arbitragem, também fiscalizará as credenciais dos atletas da competição.

-Arbitragem: O árbitro central será a autoridade máxima dentro do ringue, não podendo ninguém mudar o seu resultado. Caso o árbitro mostre-se incapacitado de continuar a arbitrar pôr motivos de erros, os Fiscais do evento poderão troca-lo.

-Posição dos Árbitros, Anotadores, Cronometristas e Fiscais: Haverão mesas laterais em posição estratégica para o assentamento de toda essa equipe de trabalho.

Desição das Lutas

Não haverá empate, as lutas serão decididas por: